Buscar
  • Dr. Tiago Araújo

Devo parar o Rivotril?





Me perguntaram hoje o porque eu insisto em retirar, sempre que possível, as medicações “tarja-preta” como o Rivotril e o diazepam (infelizmente existem doenças em que essa retirada não é possível) .

Pois bem, seu uso está ligado a diversas complicações de médio-longo prazo, principalmente para idosos; dentre elas a piora da cognição e memória assim como o aumento do risco de tontura e quedas. Esses efeitos adversos chamam a atenção e nos motivam a, sempre que possível, realizar essa retirada.

Obviamente cada caso é único e existem sim boas e seguras indicações do Rivotril e afins, mas cabe ao bom médico ver e deixar esse tipo de remédio somente em situações pontuais (e nada justifica o Rivotril ser um dos remédios mais vendidos do mundo; isso é um sinal de que tem muita gente tomando ele de maneira equivocada)

Conheça mais sobre a higiene do sono e como parar de usar o rivotril para dormir em minha outra matéria, clicando aqui.

#dicasdesaude #saudemental #insonia #higienedosono #insônia #viverbem #dormir

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo