Dor de cabeça (cefaleia)

Dor de cabeça é um sintoma extremamente comum em nossas vidas. É totalmente normal e comum termos, eventualmente, dores leves de cabeça. Gripes, noites mal dormidas, dias estressantes, alimentação inadequada; são várias as causas da cefaleia. Porém a partir do momento em que temos dores mais fortes ou mais recorrentes que o normal, devemos nos preocupar.​

Cefaléia do tipo tensional

De todos os tipos de dor de cabeça a mais comum é a cefaleia tensional. Como características deste tipo de dor, temos: dor em aperto ou peso, leve ou moderada, duração de horas de dor, aliviando somente com analgésicos ou ao dormir, dor na região frontal ( testa ), occipital ( atrás da cabeça ) ou holocraniana ( toda cabeça ).

 

Este tipo de dor tem uma tendência a ocorrer geralmente no final do dia; ela pode começar de maneira leve no começo da tarde e a medida que o dia vai passando a dor vai piorando. Ela tem uma intrínseca relação com quadros de ansiedade e depressão, alterações no sono e também sedentarismo.

 

O uso de analgésicos comuns costuma aliviar, inicialmente, a dor; porém com o tempo os analgésicos começam a ser cada vez mais necessários e a aliviar menos a dor. Nessa situação começamos a desenvolver um novo tipo de dor: cefaleia por abuso de analgésico.

Cefaléia por abuso de analgésico

Os analgésicos ( lisador, novalgina, dipirona, paracetamol, tylenol, neosaldina, dentre outros ) possuem um efeito de alívio na dor e, consequentemente, por entender que o remédio tira a dor e melhora o nosso dia-a-dia, nosso cérebro sente prazer em usar estas medicações.

 

Com o tempo e o uso cada vez mais comum ( as vezes diário ) dos analgésicos acabamos entrando em um tipo de dependência; não conseguimos mais passar sequer um dia sem tomar o analgésico. Veja, a dor de cabeça nem iria acontecer, mas pelo simples fato de você estar sem tomar o remédio a dor aparece; é um mecanismo muito semelhante ao vício no cigarro ou no álcool.

 

Em casos assim é muito importante quebrarmos esse vício e encontrarmos um outro tipo de tratamento para conseguir ,de uma vez por todas, fazer com que a dor acabe não retorne mais! Aí entram medicações específicas que chamamos de profiláticas. 

A famosa enxaqueca

A enxaqueca também figura entre as principais e mais incapacitantes causas de dor de cabeça. Por ser uma doença bastante peculiar eu escrevi um texto específico sobre ela, clique aqui para ler.

Outros tipos de dor de cabeça

Cefaleia cervicogenica é a dor de cabeça que tem como origem problemas em nossa coluna e musculaturas cervicais; o diagnóstico e tratamento dependem, muitas vezes, de uma boa avaliação da coluna; hérnias, problemas posturais e contraturas estão muito envolvidas nesse tipo de dor.

A famosa disfunção da ATM ( articulação temporomandibular) é um problema muito comum. Devido ao desalinhamento da articulação começa a ocorrer uma sobrecarga na musculatura local e , com o tempo, fatores inflamatórios começam a serem ativados. Nesse caso temos uma dor de cabeça que necessita do correto tratamento da ATM ( muitas vezes precisando do uso de aparelhos ortodônticos ou placas ). 

A neuralgia do trigêmeo é um tipo de dor diferente; costuma acometer apenas um lado do nosso rosto. Uma dor muito forte, por vezes insuportável, que pode durar minutos os dias. Um leve toque no rosto ou até mesmo a tentativa de mastigar um alimento pode desencadear as crises de dor. Muitas vezes a dor se manifesta como choques ou formigamentos. O diagnóstico correto é muito importante pois por trás deste tipo de dor pode haver algum problema dentro do cérebro.

A cefaleia em salvas é uma dor classificada como das dores mais fortes da medicina. Existem relatos na literatura médica de pacientes que chegam a bater a cabeça na parede durante a crise de dor de tão forte que ela é! A dor costuma vir subitamente, sem aviso nenhum, em caráter de pontadas ou facadas, acometendo um lado apenas da cabeça e de maneira extremamente forte; ela pode durar minutos e ocorrer várias vezes dentro do mesmo dia.

Além destas que mencionei existem mais de duzentos tipos conhecidos de dor de cabeça. Muitas delas tem relações com outras doenças de gravidade maior ( tumores, AVC, derrames ). Por isso a dica aqui é: começou a ter uma dor de cabeça mais frequente, mais forte, ou que é diferente do usual? Procure um bom neurologista!

​​

Dr .Tiago F. Souza de Araújo, neurologista em Curitiba

Tipos mais comuns de dor de cabeça​

  1. Cefaleia tensional 

  2. Enxaqueca

  3. Cefaleia cervicogênica

  4. Disfunção da ATM ( articulação temporomandibular )

  5. Cefaleia em salvas

  6. Neuralgia do trigêmeo

  7. Cefaleia por abuso de analgésico

Enxaqueca Curitiba - neurologista e curitiba
enxaqueca- dor de cabeça - neurologista em curitiba

Dúvidas? Deixe aqui suas perguntas e comentários.