Buscar
  • Dr. Tiago Araújo

Meu pai ou mãe tem Alzheimer, eu posso ter também?




Uma dúvida que recebo com frequência é: tenho um familiar com doença de Alzheimer, devo me preocupar?

Existe sim componente genético atrelado a doença de Alzheimer. Cada vez estamos conhecendo mais genes que estão envolvidos no surgimento desta doença.

De modo geral quando temos pacientes com Alzheimer precoce, ou seja, inicio da doença antes dos 65 anos, temos um risco genético maior (inclusive existem exames que podem nos mostrar esse risco).


Já para casos de doença tardia - Alzheimer iniciado após os 65 anos - existe um componente genético sim, porém bem mais "leve" do que o precoce.


Na minha prática clínica diária de consultório eu peço a testagem genética para pacientes com suspeita da doença nas formas precoces ou quando temos formas tardias de diagnóstico questionável. Não vejo, por hora, utilidade em sair pedindo os exames genéticos para todos os filhos de pais com Alzheimer; afinal, ter o exame positivo indica apenas ter o risco e não necessariamente que você vai ter a doença!


Mais importante do que fazer o exame genético, no meu ponto de vista, é você que tem algum familiar com Alzheimer fazer todas as suas medidas preventivas!


Dr. Tiago Araújo, neurologista em Curitiba

97 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo