Buscar
  • Dr. Tiago Araújo

O isolamento social e a saúde mental de crianças e adolescentes



O isolamento social e a saúde mental de crianças e adolescentes têm sido um tema frequente de preocupação nesse momento difícil que vivemos. O fechamento de escolas e o isolamento dentro de casa devido ao COVID-19 gera um afastamento abrupto das crianças e adolescentes de seus colegas, professores e toda a comunidade que os cerca. Questionários durante a pandemia já mostram que até um terço dos adolescentes refere alto nível de solidão nesse período. Existe uma correlação já bem estudada entre solidão e sintomas depressivos: inúmeros estudos mostram que, principalmente em adolescentes, essa relação é de moderada a grande. Ansiedade generalizada, ideação suicida, autoflagelação e distúrbios alimentares também são relatados nos estudos. É esperado, portanto, uma verdadeira epidemia de problemas na saúde mental dos nossos jovens devido ao isolamento social. Médicos e familiares devem ficar atentos a sintomas precoces como irritabilidade, mudança no hábito alimentar e desatenção. Não devemos esperar sintomas mais graves surgirem para iniciarmos o tratamento. Psicoterapia é de grande auxílio e, em certos casos, há a necessidade do uso de medicamentos. Dr. Tiago Araújo, neurologista #saude #neurologia #neuro #neurologista #saudemental #psiquiatria #psicologia #covid #pandemia #depressao #ansiedade #fiqueemcasa



15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo